Os gritos a nossa volta

|

Dizem por aí que é importante tentar transparecer os sentimentos e tormentos da alma, para não acabarmos na linha tênue que separa a sanidade e a insanidade. Sempre achei um conselho sábio, apesar de quase nunca levá-lo em consideração. Talvez por já não me restar razão internamente, como pode o mundo entender essa turbulência afinal?
Mas em meio a tantos altos e baixos, e baixos e mais baixos, atrevo-me a verbalizar uma mínima, digo até mísera fração dos meus desconexos sentimentos ao mundo que sempre se mostrou de braços abertos para recebê-los, mas... onde eles estão?
Depois de depositar minha última esperança de recuperar essa razão perdida nesses braços, bom, eles nada mais fazem além de me empurrar no chão e mostrar toda a sua indiferença. Afinal, quem quer ouvir sentimentos alheios? Pra que dar atenção aos outros quando podemos gastar nosso tempo com nós mesmos não é?

Abram os olhos. O mundo não é seu. O mundo não é meu.

9 pessoas também deram sua opinião:

Ana Bea. disse...

não é de ninguém,confesso que também não sou uma pessoa que me expresse muito,tenho carência disso ás vezes,sou desconfiada,mas acredite,o mundo não é feito só de trevas,também há algum mísero sinal de prazer.

.kisses

Rodrigo Band disse...

Eu tenho uma visão muito otimista pra pensar dessa forma. O mundo tem seu pedacinho pra cada um.

Juh S. disse...

eu sempre penso também, pq alguem ouviria tanto oq eu preciso dizer q acotece comigo, se nao vai mudar em nada para ela e só vai me aliviar?

mais ai lembro de horas e horas que desabafei com voce ao meu lado, coisas sem sentido, que voce nao concordava deu estar sentindo... voce me ouvia de coraçao aberto nao?
eu tambem te ouço de coraçao aberto. e algumas outras pessoas também o fazem. pense nelas e não na corja de egoistas ou simples rasos sentimentais que não tem o minimo amor de sentir pesar e entender o sofrimento do outro. Ajudar além disso, aconselhar, nao que isso sempre seja bom, ou só ouvir se for necessario.

te amo tetéia, sempre.

huriama disse...

Acho que o conceito de mundo é, na verdade, abstrato. Cada um tem o seu. Só dividimos o mesmo terreno...

Gostei do seu texto, realmente traz à tona que somos simples grãos meio à grande praia... E cada dia mais novos grãos aparecem, suprimindo a nitidez dos demais... Mas ainda acredito na peculiaridade de cada um.

Nos seguramos na incerteza mais certa: De que nada somos, mas que mesmo assim, fazemos. Sempre tentamos fazer algo; por mais que não pareça nada, já o é.

Gostei do seu blog tbm =D

mim mesmo disse...

Ok Li eu vou ser longo e grosso
sem filosofia
eu não sei se somos grãos de areia , se o mundo é perfeito ou horrivel , se as pessoas querem ou não escutarem umas as outras
mas falar sempre faz bem
eu já te disse isso
e olha que se eu me ouvisse falando isso um tempo atrás não iria acreditar
Vc sempre pode contar que alguém quer escutar seus problemas

e esse alguém pode se qualquer um
até eu.
Precisando é só chamar!
bjs

Serrao disse...

Bom sei que o mundo é grande demais e complicado demais para as vezes as palavras que fazem sentido para mim, não significarem absolutamente nada para você. Sei que a vida é cheia de surpresas boas e muitas ruins. Entretanto, já tive um período de longa tristeza, já fui excluído, humilhado, e já me senti menos que lixo, e já me senti importante, vivo, integrado e feliz. Pesando os valores sempre chego a conclusão que viver a minha vida tem sido uma benção, mas não sei quanto a sua ninguém pode saber mais do que você, ainda mais por sua optada reclusão e encobrimento de sentimentos. Tenho uma teoria de que todos já sabemos do que precisamos, em todas as dúvidas em que você precisa perguntar as suas amigas/amigos, sabemos o que queremos fazer e o que é melhor fazer, mas as vezes não o fazemos por dúvida ou medo. Eu digo para que não tenha medo, não disperdice seu tempo pensando em como seria e apenas seja. Quanto a seu problema em relação ao mundo, sim o mundo pode e deve ser cruel e rude entretanto não pense que não há nenhuma saída. Por algum acaso não tem amigos? Claro que tem. Sou um deles, e se você ainda duvida do que estou te flando, se ainda se pergunta porque eu desperdiçaria meu tempo com você, vou lhe dizer um conselho que minha mãe me disse e que eu jamais irei esquecer: "Amigos exigem sacrifícios", não por que eles sejam um fardo ou um trabalho, mas porque você os ama e iria longe por eles. Saiba que EU amo você e EU iria longe por você mesmo que você não pense assim.

Pitchulinha disse...

Não pretendo derramar aqui toda a minha filosofia sobre esse assuntom então sem mais delongas.
Li, você sabe no fundo que você sempre tem a mim. Não importa o que aconteça vou sempre estar com vovê, amigos jamais se deixaram na mão. Sempre estarei aqui SE e QUANDO você precisar falar, ou simplesmente fingir que não está acontecendo nada para tentar esquecer.

te amo muito.

Su M. disse...

Talvez o mundo nem seja ao menos nosso.

Perfeito. Parabéns!

beijo Li.

' Joseαne Costα* disse...

' Oi Li...amei o post, a mais pura verdade, pra que dar atenção aos outros quando podemos gastar nosso tempo com nós mesmos^^
Devemos nos olhar mais e deixar os outros de lado não é?!
bjoo's no ♥

Josy*