Agarre-se à máscara

|

E você sabe que deixou de ser real e você perdeu a sua importância quando é necessário obrigar-se à vestir uma máscara quando já se está farta de desfarces e este mundo de falsas aparências te enoja. Mas se olha a sua volta e todos os seus muros ruíram e nem seu travesseiro te aconchega, talvez seja melhor vestí-la e agarrar-se a estes restos de humanidade, rezando para que se regenerem no profundo significado do sentimento verdadeiro, mesmo sabendo que milagres não acontecem. Quem diria, o amor é vida; e a esperança é a sobrevivência.

5 pessoas também deram sua opinião:

Paola disse...

"Quem diria, o amor é vida; e a esperança é a sobrevivência." Lindo!
Mas nunca se entregue, o mundo só estará salvo se todos nós mostrarmos a cara limpa, verdadeira e sermos quem devemos ser e não o querem que sejamos. Não vista a marcara, não abaixe a cabeça pras falsas aarências.

Carlos Eduardo Leal disse...

"Restos de humanidade", lindo isso. Ainda bem que nos vestimos da palavra que é sempre o que pode haver de melhor em nós mesmos.
abçs
CEL
veredaspulsionais.blogspot.com

Babih Xavier disse...

O mundo vive de máscaras, preferem sofrer tentando ser o que não são do que encarar sua realidade.

mim mesmo disse...

É razoavel...brincadeira
Genial, vc escreve brilhantemente
eu não escrevo nem metade disso
bjs

「ϻȝƚɋɣαɦȡ 」 disse...

Oi, Li. Texto profundo e verdadeiro. Mas... Será que o melhor seria mesmo vestir uma destas máscaras?

Indiquei seu blog para um selo... (=
Espero que gostes.

=*