A sensação

|


E da onde vem esse estranho vazio que me devora de dentro para fora? Começa no lado esquerdo do peito, esvaziando tudo fria e lentamente. Aos poucos sobe pela garganta, provocando um misto de agonia e insegurança, que lembra vagamente aquela dor de choro reprimido. E sobe à minha cabeça, expulsando o medo do desconhecido perante a sensação e substituindo por aquela melancolia. Sim, Aquela melancolia, velha conhecida das noites passadas no meu quarto vazio. Vem logo a desesperança, o descaso comigo mesma e a conformação. Mas de repente há uma reviravolta, a sensação ganha uma nova força e domina os meus olhos, que logo se afogam. No que seria tomado como o fim da enxurrada, surge então a pena de mim mesma. Pobre criatura que não sabe de nada, não sabe o que é ter motivos válidos para chorar. E então a enxurrada se triplica. E no fim a sensação vai embora, me deixando ali largada sem dó nem piedade, mas prometendo que em breve voltará.



______________________________________________________________




Recebi esse selo do Blog No Passo do Mundo, e agradeço muito mesmo :)

Este selo tem a finalidade de homenagear os comentaristas que além da assiduidade dos comentários e do esmero com que são feitos, provocam-nos a reflexão, entusiasmo e empolgação para continuidade do nosso trabalho.

Homenageio então:

....E Sarcasmo é meu nome do meio....

As melodias da Lina

Just be happy

Simplesmente respire

Dreamgirl ;), sua micolândia e brigadeiro de panela

Reflexo Encantado

Peço aos comentaristas que receberam o selo que façam referência ao blog que os homenageou, escolham outros blogues que achem justo homenagear - com o respeito pelos critérios atrás indicados - copiem a imagem do selo e mantenham a lógica do texto aqui apresentado.

9 pessoas também deram sua opinião:

Ana Bea. disse...

Como sempre digo,há coisas que não se explicam,se sente.
Também me pego com os olhos quase afogados pelas dúvidas,incertezas,pressões enfim,coisas que se apaziguam com choro,abraços,muito carinho e amor,acredite,eu posso te dar isso lih ^^,eu e um monte de amigos que te amam.

.kisses
www.cantante.blogger.com.br

mim mesmo disse...

Vc tem que falar , as vezes o problema pode ser resolvido com apenas um a conversa mesmo que pareça que não.
Bjs

Juh S. disse...

lih, vc me observou em alguma recaida minha?

é tetéia, somos mais parecidas do que achamos...

Carolzinha_Hermanas. disse...

Ah, eu ando sentindo isso direto também ><
-
Também não se explicar o que acontece.É algo que consome nossa alma inteira,né? :(


beeeijos <3

Ôbèron disse...

Intenso e verdadeiro.
Me vi em certas linhas.

Luana Andrade disse...

Sublime percepção da sensibilidade Lih. Pude sentir o sentimento lhe inundando, sufocando, extraindo o último suspiro de sua cavidade cardíaca desamparada. A dor se subjugar-se a dor. O alívio ou efeito marejando seus olhos intensos de emoção. Você é muito descritiva! Eu sinto um pouco de "Luana" nestas linhas, e adoro identificar-me, sair deste isolamento que o mundo frio nos provoca. Sensível, assim como eu. E forte, para admitir.
Beijos sonoros. ;*

Desirée disse...

noooossa, flor!

chegou a doer em mim, espero de coração que você não esteja sentindo isso!

Bjinhos :)

E.Suruba disse...

o pior é que a sensação sempre volta...teu blog é mara! seguindo aqui

' Joseαne Costα* disse...

' Oi Li...q texto lindxo, já me senti assim várias vezes, esse seu texto me despiu^^
bjoo's no ♥

Josy*